sábado, 22 de maio de 2021

Deus já entrou

Eu rezo para a minha janela aguardando que Deus se apresente: seja como folha, nuvem, pluma ou vento. Uma delicadeza pessoal a me confortar no instante mesmo em que desdiz o cansaço - este que me põe a rezar para janelas, aguardando que Deus se apresente e me diga que logo adiante a esperança triunfou. E então eu possa não mais rezar para a janela porque me descansei e esqueci; e porque me dei conta de que Ele não precisa me responder como eu desejei que me respondesse.

Deus já entrou.

Nenhum comentário: