quinta-feira, 13 de junho de 2019

A busca...

(Fonte: Pinterest)

A busca da Alma por meio do eu (ego) encarnado é expressar-se criativamente através das crenças que carrega e a partir desta expressão adquirir virtudes para sua trajetória evolutiva. Para a Alma não importa se o eu encarnado aprenderá, por exemplo, a paciência atravessando uma doença séria ou aguardando na fila do banco. Para Ela, eterna e ilimitada, não é um problema se o "eu" aprenderá o perdão sendo abusado ou numa discussão entre amigos. O ego (eu encarnado) como aspecto e expressão da Alma é quem, neste plano em que atua e que vivemos, sofre pelos desafios, dores e angústias criados pelo seu próprio sistema de crenças. Se o aprendizado é conquistado e a virtude adquirida, o padrão/karma se encerra. Uma questão comum é carregar crenças ancestrais e históricas de que o aprendizado vem através do sofrimento, de que a dor dignifica, de que a vida nunca é fácil, etc. Mas, se é possível acessar estas crenças e liberá-las, o aprendizado pode ser vivido com leveza e facilidade. Os desafios tornam-se outros. O sofrimento deixa de ser peça-chave para a evolução. Afinal, o que importa para a Alma é se expressar e aprender suas potências e virtudes, não importa como, contanto que as adquira para seguir.

Quer se dar a oportunidade de transformar a sua realidade e aprender da melhor e mais elevada maneira?

Nenhum comentário: