sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Vida longa...

Vida longa aos que muitos incomodam com suas singularidades. Aos que perturbam sombras alheias com agudas iluminâncias. Aos que desarmam convicções idiotas com afiada inteligência. Aos que ardem e incendeiam, expulsam e perdoam, arranham e acolhem com igual facilidade. Vida longa aos que convidam à dança, ao abismo, ao amor, ao abraço e aos desequilíbrios. E aos que se alongam na vida, na mesa do bar, nos lençóis da cama e no espaço da nossa saudade.

Nenhum comentário: