terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Graal...

A verdade, o placebo ou qualquer um com gosto menos amargo? Servem-lhe alternativas terapias ou desejas a precisão cirúrgica? Água gelada ou, ainda assim, whisky paraguaio para celebrar os amores? Os excessos como fuga. A ansiedade como perda. O medo como muro. Aceitas a tristeza como legítima amante ou preferes te divorciar da própria vida? O lado mais difícil do caminho é a sorte que costumamos escolher.

Nenhum comentário: