sábado, 14 de janeiro de 2017

Anúncio...

Os olhos despedem a atenção para tragédias já tão acostumados por cansaços e absurdos. Dão-nos para escolher muitos vilões e poucos enredos. Dão-nos papel nenhum, senão o de trouxa. E o que nos dariam de especial senão o cheque?

O canto amargo dos pássaros ainda anunciará as primaveras.

Nenhum comentário: