domingo, 6 de novembro de 2016

Por dentro...

Onde estão as nossas asas, pai? Por que não se é passarinho?

Voa-se por dentro, filha. E este é o nosso maior desejo, embora por vezes nem suspeitamos que seja. Acreditar nas asas é justificativa para lamentarmos sua ausência e por isto permanecer onde estamos.

Voa-se sempre por dentro.

Nenhum comentário: