domingo, 3 de julho de 2016

Ausências...

Transformou ausências, ainda agarradas nos contornos de dentro, em planos muitos. Calou medo com o olhar no silêncio festejou, impedindo boicote de entrar para roubar a festa e celebrar também. Convidou seu melhor sorriso para amanhã se reinaugurar.

E nunca mais permitiu aproximar engano sem saber qual sua proposta.

Nenhum comentário: