quinta-feira, 2 de junho de 2016

Teoria Geral do Desassossego...

Eu leio você. Você se desnuda no preciso instante em que me visto com as palavras. Você se entrega toda e inteira quando sou eu próprio a confessar. Eu leio você no momento exato em que você me lê. Isto porque nossos erros são previsíveis, não nossos acertos. Isto porque nossos labirintos são previsíveis, jamais os sonhos. Isto porque nossas mentiras são previsíveis, não a nossa liberdade. O plano é que façamos destes nossos escuros, degraus, e alcancemos nosso real tamanho. O que proponho é que desviemos da tristeza encarando-as com a coragem de quem sabe despedir-se sem dispensar-se, partir sem partir-se, e na hora certa. O livro é um centramento, um pedido de perdão para si que não encomendaste, um alívio que não previsto, um tempo extra para as tuas novas páginas. O livro é convite para que deixes de ser engolido para saborear: a vida, o outro, o amor, o que mais quiseres.

Definitivamente, um guia prático e impreciso de renascimentos.

A quem interessar adquirir, mande-me um e-mail: 
guglicardoso@gmail.com
ou através do Facebook: fb.com/ailhadeumhomemso

Nenhum comentário: