segunda-feira, 27 de junho de 2016

Licença...

A vida pede-nos licença antes de nascer, e engana-se aquele que pensa tê-la desde seu próprio início. A vida é uma aquisição. Adquire-a aquele que toma posse de si mesmo como ato de coragem a derramar-se sobre seu próprio ser. A vida é um batismo anterior aos ensaios e uma conquista para depois deles. Talvez a única genuína a ser-nos possível, a revelar-se após as sucessivas mortes que nos acontecem. Amadurece-nos a vida como fruto no tempo. E o tempo engravida-nos de vida para parirmos já em avançadas idades; quando pudermos em nós nos sentirmos em casa. Anterior a isto, seremos sempre brevíssima varanda a enxergar passados. 

A vida desmente-nos a ideia de que vivemos e somente assim é que verdadeiramente nascemos, passando do acontecer para existir.

Um comentário:

Poeta da Colina disse...

Precisamos tomar as rédeas.