quarta-feira, 15 de junho de 2016

Chuva...

Quando chuva dissolveu a poesia
(minto, foi a tristeza)
afoguei-me nas palavras
com intenção.

e mesmo assim, imerso
perdi os rumos
da minha história. 

isto porque
para para não ser arrastado 
morri agarrado ao meu medo 
de não ser 
feliz.

Nenhum comentário: