segunda-feira, 30 de maio de 2016

Se despediu...

Ela quer se perdoar pelo tempo que perdeu.
Ela quer se perdoar pelo amor que insistiu.
Ela quer saber porque morrer se permitiu.
e o que ainda falta que não amanheceu.

Ela quer uma janela para a luz sempre enxergar.
Ela quer que o passado não lhe venha incomodar.
Ela quer que o presente traga um amor a lhe curar.
e que amanheça dos escuros de que tanto já sofreu.

Ela busca ser outra mas sem querer se perdoar.
Ela diz que tanto quer mas querer não é se libertar.
Ela carrega o seu passado sempre a qualquer lugar.
e acredita todo dia que o azar inteiro é seu.

Ela não sabe, mas
ela ainda não
cresceu.

Ela só sabe se vestir
como alguém com idade
para beber e mentir
insistindo em doer e sentir
por tudo aquilo que ainda
não se despediu.

Nenhum comentário: