sexta-feira, 8 de abril de 2016

Realidade...

Só então pude livrar-me de idéias e maus sonhos que me perseguiam, quando percebi que era eu quem, de alguma maneira, os perseguia. Esta sutil e inesperada percepção revelou-me a responsabilidade por coisas na vida que pensei jamais ser responsável, criando caminhos sem me dar conta que minhas próprias escolhas os criavam, desenhando eu a realidade que pensei ter sido por tanto tempo e na maioria das vezes para mim imposta.

Nenhum comentário: