sábado, 5 de março de 2016

Anomalia...

"Toda inspiração procede de uma faculdade de exagero: o lirismo - e todo o mundo da metáfora - seria uma excitação lamentável sem esse ardor que incha as palavras até fazê-las estourar. Quando os elementos ou as dimensões do cosmo parecem demasiado reduzidos para servir de termos de comparação a nossos estados, a poesia só espera - para superar sua fase de virtualidade e de iminência - um pouco de claridade nas emoções que a prefiguram e a fazem nascer. Não há verdadeira inspiração que não surja da anomalia de uma alma mais vasta que o mundo..." 
.
.
.
(Emil Cioran)

Nenhum comentário: