quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A sério...

Perguntei-me o porquê 
de todos os meus caminhos 
darem no mesmo.

Percebi que era eu o mesmo 
a perguntar-me o porquê 
depois de cada caminho.

Pois não poderia o mesmo 
prever outro, 

nem o outro 
dar no mesmo.

Não mais me levei a sério.

Um comentário:

Vanessa Nolasco disse...


Dizem que conselhos são besteiras, creio ser o que digo mais uma troca. Resposta...
Perguntar acredito ser um questionamento inerente, então deixa pra lá.
Essa questão de retornarem ao mesmo, meu pitaco é que seu caminho está mais do que certo.
No caso, se eu estiver errada, continue e escreva tudo que se passa.

(V.N)