domingo, 24 de janeiro de 2016

Sopro...

Ensinou-me o seu amor com carinho de vento a soprar cortinas e varrer tristezas.