quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Notícia...

[...] negar algum aspecto interior que nos incomode será - de alguma forma - negar a nós mesmos. A negação não fará com que o que é negado seja despejado de nós, mas apenas posto de lado para não olharmos aquilo que não queremos olhar. E não olhar para algo de si é não olhar para si, como breve alívio pelo que recusamos habitar em nós.

A notícia é: voltarão nossos inteiros exigindo as metades todas que fracionamos; ou melhor, voltarão nossas metades todas exigindo sermos inteiros. Nada poderá ser despejado que antes não seja (re)conhecido.

Como isso se dará já anunciam nossos sintomas.

Um comentário:

Mayra Borges disse...

Ignorar o que vai por dentro é uma das maiores tolices, é negar-se
ao direito de conhecer-se melhor, de evoluir... Além do esforço em vão
é um preço muito alto a se pagar.

Abraços, Guilherme.

coracaoaflordapele.blogspot.com