segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Com o que se viveu...

(Tattoo da Francielle Freitas de uma frase minha)

Se costurou na fé para dela nunca mais se perder; 
no amor próprio para no impróprio não mais se prender; 
de sonhos para na rotina não mais se arranhar; 
no perdão para sentir-se em paz se errar. 
Se costurou com a própria luz para sempre ela amanhecer;
à esperança para na tristeza não só sentir doer;
 com a linha da vida para no amanhã se abençoar;
e com o que sofreu poder de vez cicatrizar.

E pelo que ontem morreu bordou-se hoje sua lembrança:
"Se costurou com o que se viveu"

Nenhum comentário: