quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Categorias...

Aquilo que já havia sofrido como a mais severa angústia também lhe era a mais cristalina benção, posto que ausente esta e quaisquer outras bençãos lhe seriam impossíveis.

Talvez entre verbetes e sinônimos, acordar, despertar, levantar e amanhecer devessem ser bebidos como inevitável paradoxo que nos revela alternadamente nosso estado de espírito e, aos bocadinhos, a generosidade da própria existência ao permitir atravessá-los, dia após dia.

Viver é estar disponível para os milagres e demais categorias de felicidade.

Nenhum comentário: