quarta-feira, 29 de julho de 2015

Vencidos...

estragou-se o poema: 
envenenamos o amor. 

ainda o leio para iludir-me, 
leio para acalmar lugares 
e empurrar alguma tristeza 
para fora de mim.

facilitamos
o fim de todas as coisas
que amamos

pois o homem
poderoso criador de deuses
criará demônios.

invoco milagres vencidos.

Nenhum comentário: