segunda-feira, 6 de abril de 2015

Demissão...

a flor em cada semente contém a boa notícia das primaveras.
sementes são feitas de tempo: as flores, as primaveras e as coisas todas.
o tempo deixa-nos as coisas gêmeas: porque gêmeas de vida, 
pulsando-as e doendo-nos de vida, igualmente.
vida a precisar urgentemente dos futuros.

a morte é apenas a demissão do poema.

Um comentário: