quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Mais e menos...

Que possamos ser mais, sendo menos; pois são os detalhes que compõem as grandezas de nós. Que tenhamos muito, mesmo com pouco; pois será para alma sempre o suficiente. Que as boas lembranças sejam referências de quem realmente somos, neste espaço entre o agora e os amanhãs, e que estejamos sempre atentos ao fato de que a felicidade mora aqui ao lado, e que desocupada nos espera visita, ainda que não batamos na sua porta, pelas distrações da nossa casa.

Um comentário:

Quelin B. disse...

Em um mundo preocupado com o 'ter', raras as pessoas que conseguem 'ser'. Belas palavras, lindo blog.