segunda-feira, 26 de agosto de 2013

A asa para o abismo...

O Amor quando vier, inevitavelmente nos deixará expostos, desnudos e escancarados para o reflexo que sempre nos traz o olhar do amado, desarmados por nos reconhecermos para além dos nossos interiores segredos. Mover-se no Amor é a nossa própria confissão. O Amor nos convidará para dançar mas, em caso de uma eventual e teimosa recusa, nos arrancará para longe dos nossos habituais confortos. O Amor é a mais incerta das garantias, que nos pedirá verdade em troca das histórias que contamos para nos distrairmos, acomodarmos ou nos satisfazermos com metades, feitas de espinhos ou desbotadas cores. O Amor é a asa para o abismo.

10 comentários:

Solange disse...

o amor não morre..apenas escurece por um tempo..o suficiente pra consertar as asas quebradas com a queda..

bjs.Sol

gui..passa lá no parole

Erica de Paula disse...

" O amor é a asa para o abismo." Mas eu bem sei, que é explorando os abismos que encontramos o melhor de nós e do amor.

Belo texto!

É honra e prazer receber sua visita!

Antonia Albuquerque disse...

lindo,amei

Bruna dos Anjos disse...

" O Amor é a mais incerta das garantias, que nos pedirá verdade em troca das histórias que contamos para nos distrairmos, acomodarmos ou nos satisfazermos com metades, feitas de espinhos ou desbotadas cores. O Amor é a asa para o abismo."

Amei! Boa semana ;*

Anônimo disse...

"(...) O Amor é a asa para o abismo." Definitivamente, meu caro!

Texto das entranhas, das verdades .. . E só quem já viveu pode senti cada verso, cada palavra tua . ..

Lindo por demais, viu?!

Rívea Duarte

paty disse...

lindissimos...

May Almeida disse...

Fantástico Guilherme !Uma das melhores descrições que já li sobre o Amor, em toda a minha vida !

Poeta da Colina disse...

Amar é abrir o peito, mas isto não é estar desarmado.

Milene Cristina disse...


O Amor.
Sempre nos aparece quando desprevenidos,
nos quer livre, sabedor de seu querer em nos fazer voar.

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.