segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Permissões...

  "Quando se ama, 
faz-se do impossível, possível;
faz-se do possível, provável;
faz-se do provável, certeza;
e da certeza; lembrança.
O Amor é a mais incerta das garantias..."

4 comentários:

Loridane Melchior disse...

Amor não é garantia, mas nada se garante sem ele.

Tão bom visitar esse espaço.

Um beijo mocinho.

Poeta da Colina disse...

E mesmo assim nos move. O humano só precisa de um fio de sonho.

Anônimo disse...

Lindo!

Tenho certeza que à cada leitura, desvendo mais um pouco deste mistério....

Mayara Cruz disse...

Adorei o seu cantinho, seguindo!
Muito bom o texto.

beijoo