sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Caminhada...

As palavras para o escritor são os passos dados ao alcance do horizonte. Inventamos caminhos e formas de caminhar, tropeçamos, caímos, cansamos, mas prosseguimos na inevitável fuga e no encontro de nós mesmos. Jamais deixamos de caminhar. Jamais paramos de escrever...

2 comentários:

Milene Cristina disse...

Escrevendo me reinvento, revisito o passado, sonho com futuro, me esvazio e me preencho.

Nina disse...

É bem isso. Escrever é um desabafo constante por caminhos de pedra. Rumo ao conforto de nós mesmos.
Abraços.