segunda-feira, 2 de abril de 2012

Tempo...

 (...) pra que saber do tempo se não vou morrer de Amor?

3 comentários:

Heat disse...

Eita!!

Vai morrer de que entao?

Aroldo Cesar disse...

Porque de amor não se morre, nobre poeta! de amor se renasce!

Magnifico!

нєllєи Cαяoliиє disse...

E há morte mais bonita do que essa? :)