sábado, 10 de março de 2012

Sobram-nos...

"Às vezes quando nos faltam palavras, sobram sorrisos. Quando não se tem o que dizer, por vezes há muito o que sentir".

2 comentários:

mfc disse...

E que nos vão sobrando sempre muitos sorrisos...

Nayara disse...

Quando não se tem o que dizer:

Cala-se, simplesmente passou a vez da fala. Agora o sentir até então calado, enche o peito de coragem e, emudece os argumentos da palavra. Desta vez a norma culta não vale. Porque o Amor pulsa mais alto; ecoando sua voz no brilho do olhar ou no calor de um abraço. Quando não se tem o que dizer: não insista, cala-se. Deixe o Amor os poros eriça; a doçura à Alma acariciar. O Amor mora no colo do silêncio e vive a declamar o que a limitada palavra já não pode dizer.