sexta-feira, 10 de junho de 2011

Vesti azul...

Hoje, a noite se descansou em sono; e despertou cedo meu sonho. Sol acordou colorido com céu de azul perfumado; incenso bom ao teu lado; cheirinho que prometi lhe dar quando sorriso me encontrasse. Pois é; vesti azul a te soprar meu bem querer embrulhado, de presente, futuro e passado, em vontade-sempre de te abraçar. Azul manso cor de sossego a cobrir caminho de pegadas, avião, carro de boi, sua estrada; alcançar beira do nada, e da tua vida toda a ficar. E eu pensando em você, sonhando lugar pra nós dois. Hoje, sou noite enluarada, a apontar a passarada o teu ninho; tua morada. E que na janela tua, piam o meu Amor e meu carinho, minha cor e meu caminho; e  nas asas de que me sirvo, a te alcançar e manter-me vivo; jogar você toda no céu, fazendo-te estrela cor de mel e declarar: como estrela, olho e admiro, sem você tocar. Agora, sou mais uma vez dia, a fazer dos teus olhos meu guia, meu inevitável caminhar. Amanheço vontades, lembranças, saudades... coala, massagem, mesa de bar. Sou teu azul vestido a levar teus dias pra ver o meu mar.

5 comentários:

Solange disse...

lindas palavras, misturadas num sentimento de mil cores..
onde a predominância do azul, mostra-nos a sutileza do seu amor

bjs.Sol

Fernand's disse...

"futuro e passado, em vontade-sempre de te abraçar"


não finda...


às vezes parece que vc escreve sobre mim, é como se soubesse meus sentimentos. =)


bjsmeus

Decca disse...

Nossa Guilherme, que lindo! Adorei teu blog! Já tinha lido seus escritos antes mas não consegui comentar. Resolvi segui-lo.
Parabéns!
Abraço

Guilherme disse...

Para decorar as minhas próprias palavras. Wilson Simonal. Vesti Azul: http://www.youtube.com/watch?v=x-ERg-LljA4

Patrícia Rocha disse...

Nossa a cada post seu, mais me apaixono por seus escritos! :)

Lindíssimo...
Beijos grandes :**