sexta-feira, 17 de junho de 2011

Pecados...

Hoje resolvi sentir meus pecados de perto e declarar meus desejos todos no teu colo confessionário. Sinto inveja: de ser teu sofá, tua cadeira, inveja de ser teu ar. Inveja branda de ser palavra que sai da tua boca; apenas porque tocam teus lábios. Inveja branca, orgulhosa de ser eu, teu e tão somente teu; a te encontrar nas linhas da tua vida e nas curvas do teu corpo. Porque és poesia até nas compras do mercado; enquanto arruma nossos filhos pra escola. Quando toma em silêncio o teu café. Sou pessoa mais invejosa do mundo por qualquer coisa que habita tua vida. Por qualquer paisagem em que você caminhe. E tua pele combina com as paisagens que descrevo. Sou também luxúria: por me entregar às tuas cores e sentir prazer no teu sorriso, como vício a me escolher prisão em que feliz me entrego. Por isso, quero trocar palavras por silêncio de olhares cúmplices e desejos de bem perto; banquete de sentidos a querer beijos na boca e mãos quentinhas e brigadeiro de panela. Coração meu se veste de virtudes e minha carne se enfeita de boas fraquezas a evaporar minha postura de inocente e bom moço. Por isso sou nuvem, pedindo aos teus olhos atenção por me fazer exclusivo no teu céu. Porque sem teus olhos e sem presença tua, tudo o que é e tudo o que sou, deixaria de ser por falta tua a me admirar. Sem teu saber e sem você, nada sou. Sou gula: alimentar teus sonhos e comer do mesmo prato; a querer mais e sempre mais, te devorar toda e inteira.

3 comentários:

Fernand's disse...

"sinto inveja dos dias em que pude participar dos teus dias, de quando era o teu ar, a tua fome e a carne onde fincavas os dentes, as unhas..."


é mais ou menos assim. =)


bjsmeus

ϟ Cynthia Brito disse...

Guilherme, cara, arrasou!
Adoro esses teus passos bem poéticos. As palavras têm uma sintonia maravilhosa! E isso nos deixa interpretá-las da maneira que nos cabe, da maneira como vemos a situação diante de nós mesmos...

É, o que a carne não faz né?

Bons "pecados"!

Bom fim de semana pra tu!
Grande beijo

Patrícia Rocha disse...

"Sou gula: alimentar teus sonhos e comer do mesmo prato; a querer mais e sempre mais, te devorar toda e inteira."

=) Nossa foi de tirar o fôlego!

Beijos querido!