quinta-feira, 2 de junho de 2011

Em defesa do A maior...

Qual a diferença entre os Amores? Aqueles que se fazem no papel daqueles que se encontram à dois; em dois? A letra é Alta porque me acolhe na alegria tua, porque me abriga da tristeza minha, do vento forte que sopra distância nossa. Amor é grande porque faz sombra frondosa pra descansar o coração, não na letra, mas nele mesmo e em você. Escrevo porque o Amor é meu, e porque é o meu Amor. Porque é nome próprio, amor-próprio, não impróprio, e não comum. Amor incomum.  Tanto que A não é a, é B; e ainda que seja C, é você. Palavra que abstrata na boca, mas real no beijo e verdade nos olhos dos amantes. Amor sublime, egóico, regente; Amor é amante, amores, é quem sente, milagre, janela, bem querer, sol poente. Amor tem papel de passado, de ares futuros, de encontros desencontrados; terminar o inacabado. Amor é "amor" que cresceu no coração; "amor" é só palavra. Amor é essência. Amor que é no começo, é Amor também no meio e é Amor ao final. Amor não é sempre amor, ainda que Amor ele sempre seja. Um é trama, outro é tema. Um é tanto, outro é tudo. Defendo o Amor; porque "amor" eu conto em qualquer conto, encontro em qualquer canto que letra morta se escreve; Amor é vivo. Amor meu é assim porque nosso Amor é mesmo e sempre, maior.

12 comentários:

Lu disse...

Nossa...ficou lindo demais!

Vou ali morrer de inveja de quem recebe um Amor desses e já volto.

Beijo:)

Claire disse...

Nossa que lindo*--*
Ah..o Amor,esse sentimento tão belo e puro que mexe com a gente,de uma forma intensa.
Beijos!!

Fé Fraga disse...

Encantada com o novo post, faltou até o ar, ficou lindo. E o mais fascinante é ver que vc tb pontua o amor em seus textos com o "A" maiúsculo, pensei que só eu tinha essa visão ímpar e única do Amor.
Belíssimo!
Beijo, =)
Fernanda.
http://mefaltaumpedacoteu.blogspot.com

нєllєи Cαяoliиє disse...

tão bom saber descrever o amor de forma tão única e intensa...
deves de ser disso que precisamos: SENTIR este,para verdadeiramente descrever um pouco do que ele vem a ser...porque tudo é impossível nas palavras.
Parabéns como sempre!
Beijos

Valéria Sorohan disse...

Qualquer coisa que fale de Amor com A maiúsculo me encanta e muito. Mas esse seu texto foi um arrombo, lindo, como sempre.

BeijooO*

Bianka disse...

Sim, a mão do amado nos torna nosso mundo.

Luciana disse...

Humm adoreiii.

Tu soube descrever tão magnificamente bem essa palavra tao sublime:AMOR.
Estou encantada com teus textos.

Voltarei mais vezes ..

Beijos..

Fernand's disse...

assim é o meu, é o dele, é o nosso... que em distância não se desfaz, que na saudade se perfaz e entre parênteses abertos encontra a paz. a paz que atormenta por ser amor liberto, incerto de encontro, pretencioso reencontro... que eu espero, ele também. desejo compartilhado, pertes em nós, cada pedaço.



bjsmeus

Jenuíno disse...

...É fascinante, é clareador.
O substantivo que minha frase precisa...

Muito bom teu espaço, estou te seguindo, espero que me sigas tbm!

Um abraços,
Rafah!
http://eternizadoempalavras.blogspot.com/

Joii disse...

O amor que todos deveriam receber e dar. Amor de verdade. Sem limites, totalmente,que me aceita do jeito que sou, que oferece sem esperar nada em troca. Que perdoa quantas vezes for preciso as falhas do outro, e simplesmente esquece. Na teoria, é mais fácil. A prática requer um coração misericordioso, e quebrantado, requer amor genuíno, requer perdão de coração, aquele que perdoa e nem se lembra mais. Requer amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a ti mesmo.
Um ótimo fim de semana pra ti. Bjs.

♥→ A Pétala... A Thati ♥ disse...

O Amor é doce e tbm amargo, é livre e tbm acorrentado, amor é grande em toda sua misnuculidade e leve com sua docilidade, amor só é amor pra quem o sente, só o vale pra quem o compreende , só é amor pra sabe reconhecer um amor de verdade em toda sua generosidade.
Me tornei sua fã.!

beijos.

Te coloquei na lista dos meus blogs lidos e adorados lá no meu bloguinho.

Camila Lourenço disse...

Um dos textos mais lindos que já li.
Ameeeeeeeeiiii!!
o//