sexta-feira, 1 de abril de 2011

Jardins...

"Não mais chicletes grudados no pé. Não mais pessoas flutuantes na cabeça. Não mais pôr-do-sol ser nostálgico. Não mais saudade, bala na agulha, resposta pronta. Não mais carregar gente comigo, na bolsa, nos ouvidos, na garganta. Quero me pesar e ter a certeza que o número na balança pertence somente a mim. Não mais joelho ralado, queixo ralado, coração ralado. Quero andar nas montanhas, ver meu vestido voando e ser seguida por pássaros. Entre meus sonhos e seus jardins."
.
.
.
(Camila Heloíse)

Um comentário:

Fé Fraga disse...

É preciso, "de cara limpa e peito aberto", escolher esses jardins.

Bjo.
Fé Fraga.
http://mefaltaumpedacoteu.blogpot.com