quinta-feira, 28 de abril de 2011

Entrega...

Além do prazer imediato que lá buscava, tecia ela afinidade cada vez mais forte. Ela o procurava com frequência, pois, ele era o único que a fazia liberar suas tensões. E entre suor e incensos e portas fechadas, esquecia-se do tempo, das contas, dos seus próprios erros e até do seu companheiro, que há tanto tempo não era mais bem-vindo no seu coração. Tornou por hábito deixar ao sair, sorrisos e lágrimas, segredos e desabafos, a limpar o canto escuro do coração não apenas pelos suspiros e arrepios dela, mas pelo toque das mãos e das palavras de alento dele. A cada encontro, saia outra. Era seu massagista de confiança. Agenda lotada.

14 comentários:

Cyทτiα ทσgυєirα ઇ‍ઉ disse...

Cada momento de entrega, um momento de comunhão consigo mesmo.

Gostei deveras de seu cantinho. Obrigada pelo comentário, e acompanho-te, a partir de hoje...

Bjs

Sam. disse...

esse teu texto me arrepiou da cabeças aos pés...

Qdo quem se tem ao nosso lado, já não é mais companhia, é inevitável encontrarmos quem o faça..
por isso o amor precisa ser renovado, reinventado e regado dias após dias...

Adorei "seus escritos".

Verô. disse...

Conseguimos fugir de algo ou alguém, mas nunca de nós mesmos.

Adorei aqui... tô seguindo!

Seja bem-vinda ao meu blog!
Bjão!
:)

Sandra Loffreda disse...

"Quando alguém ou nós mesmos desfazemos o preto-e-branco, o que nos sobra é a leveza e o colorido que a vida carrega."

É isso!

Beijos

Valéria Sorohan disse...

Adorei! Cheio de segundas intenções.
Um prazer conhecer seu blog e seus escritos. Sua visita me honrou.

BeijooO*

Valéria Sorohan disse...

Que lindo seu comentário Guilherme. Digno de um novo post.

BeijooO

disse...

Olá! retribuindo a visita!
Otimo blog!

Abraços

@monnielobo disse...

Seguiindo :)

Bell Souza disse...

Adoro isso de dizer mais do que foi dito. belo texto!

Thiago Brito disse...

Poxa cara, gostei muito do Blog, muito bom mesmo, seus textos são impressionantes!
estou te seguindoo
Quando puder passa la no meu tbm !! ;P

abrçãoo

http://essenciaego.blogspot.com/

Nine disse...

Sinestésico mesmo! ...e envolvente...
Adorei teu texto!
Cheio de emoções que se sucedem...
*--*
Voltarei mais vezes.

E, obrigada pela visita... Realmente, alguns momentos de tristeza nos fazem sentir com mais intensidade os de felicidade... E o que é a vida, senão a perspectiva de quem a observa, alternada de felicidades e infelicidades, dias e noites?

um beijO!

Elisabete Lira disse...

Seu blog é muito interessante...
Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

Fernand's disse...

ocupava todas as horas livres da agenda dele...

como é tão sumário alguém que nos faça reencontrar e perder ao mesmo tempo.

fundamental esse (des)equilíbrio.

=)




bjsmeus

enteraqui no meu Universo disse...

o massagista do coração, é o mesmo da alma. é aquele que massageia os pontos de stresses e tensões tão íntimas que precisa ter cuidado para não se perder meio à tantos agrados e massagens!