quinta-feira, 14 de abril de 2011

Ainda que...

Chegou a hora de confessar o claro inconfesso: você já não cabe mais em mim pra te guardar como eu tenho te guardado. Você foi semente que firmou raízes e cresceu a conquistar céu de noite infinita com cheiro de pasto verdinho em cena épica de reencontro, que até parece conto bonito, daqueles de se contar pros netos quando a gente tiver alguns deles, ainda que você não saiba. Quero ouvir da tua boca, o silêncio que te acompanha quando teu sorriso me alcança, ainda que sem querer. Você, silêncio; eu, palavras; como gotas de carinho com forma que se juntam e se acham pra dar o seu recado: que você não faz ideia do quanto eu quero me fazer bonito por você ser parte da minha vida, ser trecho destacado da história que espero vir-a-ser; do quanto você me faz querer ser um homem melhor, por brindar e beber da tua presença. Sabe, beijo é mergulho. Queria mergulhar; no momento de amor que se anuncia como nosso, ainda que você nem suspeite disso. Quero colorir tuas vontades, ainda que você nem desconfie das minhas cores. Hoje eu te amo, porque ontem amei você e amanhã vou amar também. E desde então que sempre te amo, sempre será tempo pra nós dois; por isso te aguardo. E ainda que este sempre pareça demais, contigo, o agora me é suficiente. Quero ser aconchego; ser todo um universo que se declara e se derrama e se confessa e se encanta e lhe toca como deusa; teus pés, boca, mãos, sorriso, pele, cheiro. E ainda que você não habite o meu templo, e ainda que você não me encontre no altar que decorei; ainda que você não se revele aos meus olhos o teu corpo, teus desejos e teus sonhos, por você espero. Seja como for, eu sei e você sabe que, o Amor é sempre bem vindo.


"Quando varrerem estrelas, pede para jogá-las sobre nosso telhado." (Yeda Prates Bernis)

7 comentários:

mari. disse...

E ainda que... eu não quisesse e lutasse contra isso, seria impossível não me emocionar com este texto.
Per-fei-to!

=)

Solange disse...

uau!! o amor é sempre bem vindo..

bjs.Sol

Helen Viana disse...

Já posso chorar?

Camila disse...

Bom demais.. essa a melhor parte:Quero ser aconchego; ser todo um universo que se declara e se derrama e se confessa e se encanta e lhe toca como deusa;

Aline disse...

foi com suspiros que eu acabo de ler o seu texto. Lindissimo

Fé Fraga disse...

Anjo,
Que lindeza! Chorando aqui, como pode meu Deus como pode?! Perfeito...

Guí, pra mim, esse foi um dos seus textos que mais me tocaram profundamente. Sensibilidade exalada. E é possível senti-lo por perto, mesmo longe.
Não consigo nem comentar, só consigo sentir.
Beijo,
Fé Fraga.
http://mefaltaumpedacoteu.blogspot.com

Thami Silva disse...

Lindo, simplesmente.

Ótima semana. Bjos !