sexta-feira, 4 de março de 2011

Vivem dentro...

"Pegou a minha mão quando eu já não mais sentia. Segurou os pensamentos, o burbulhar das lágrimas ardendo no coração. Aquela ânsia esquisita, ele acalmou. Apalpava meu sonhos, me trazia o ar, trouxe o chão de volta para os meus pés. O dono daquele dia vazio, daquela noite tristonha, me fez crer que as coisas que vivem dentro de nós, não são ilusão. Apenas moram em outro lugar. Obrigada por me amar. Repetia o tempo todo, só pra acarinhar aquele amor paciente que me aceitou de roupas cinzas e sorriso sem brilho algum. Não é só gratidão o que tenho. É respeito e o amor mais puro e benigno. Teu sorriso devolve o colorido dos dias. Ainda que cansada eu fique de tanto acreditar em coisas que não chegam nem perto, tua presença em meu peito insiste em me dizer o contrário. Que não importa o tamanho da distância entre os braços, não importa a solidão dos nossos olhos, tenho a certeza que estaremos sempre juntos".
.
.
.
(Camila Heloise)

Um comentário:

нєllєи Cαяσliиє disse...

tenho a certeza que estaremos sempre juntos".
Como é bom sentir que independente de qualquer circunstância estão juntos,pois passaram a viver dentro de cada um!
Amei seu blog,ele é super encantador!
Fica o convite caso queira visitar o meu
http://www.evidentespensamentos.blogspot.com/
Beijos e um ótimo fds!