quarta-feira, 16 de março de 2011

Objetivo...

Com aquilo que conquistando, trouxera ao longo de sinuoso traçado de muitas vidas, passou a respirar mais fundo e a resistir diante das muitas batalhas a ele apresentadas. Colecionou pequenas e infindáveis vitórias ao derrotar suas sombras e seus inimigos. Sabia que era caminho sem volta a avançar, entre cenários e lutas, a enfrentar desafios e a desenvolver suas habilidades. Começava, então, a entender a trama que lhe era imposta. E com as mãos cansadas pelo trabalho do tempo dedicado, colhia suas glórias; a não lhe faltar contentamento. Chegara assim, ao chefão. A última sensação do vídeo-game. Sem usar nenhum continue.

2 comentários:

Uma mocinha não tão indefesa disse...

Usar o Continue até que pode, só não vale dar RESTART, rsrsrs

Trocadilhos infames à parte, parabéns pelo texto. Tá arrasando nos "Meus escritos".

Beijinhos :))

Solange disse...

um final inesperado..
como todos nós teremos algum dia..

bjs.Sol