sábado, 5 de fevereiro de 2011

Estatuto do Homem...

"Artigo I

Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II

Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III

Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV

Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:

O homem, confiará no homem como um menino confia em outro menino.

(...)

Artigo VIII

Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

Parágrafo único:

Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor."

(Thiago de Mello)

3 comentários:

Solange disse...

belíssimo..o que mais tenho a dizer??

bjs.Sol

Vanessa Souza Moraes disse...

Como se ama sem amor?

http://vemcaluisa.blogspot.com/

Ana Aitak disse...

Só podia ser Thiago de Mello, só podia ser aqui...Sempre bom voltar ao seu blog e entender um pouco mais sobre delicadeza, sobre beleza, sobre amor...

Abraço