quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Anjo...

"Ele dorme. Embora a sorte lhe tenha sido adversa
Ele viveu. Morreu quando perdeu seu anjo;
Partiu com a mesma simplicidade
Como a chegada da noite após o dia".
(Os miseráveis - Victor Hugo)