sábado, 4 de setembro de 2010

Oculta.

"E hoje, para guardar a mágoa oculta,
Canta, soluça - coração saudoso,
Chora, gargalha, a desgraça estulta".

(Poemas Esquecidos - 1901. Augusto dos Anjos)

Um comentário:

Curiosa disse...

Guilherme,
um prazer ler teu blog ...