sexta-feira, 30 de julho de 2010

Há de ser bonito...

"Ela precisa mesmo é se perder dentro do sim. Precisa de um viver mais brando, sereno, com alegrias cantando cá fora e amor regando um coração lá dentro. Ela precisa ficar sozinha e há de ser melhor. Ela há de ver estrelas hoje Deus e entender os seus sonhos. Um vento há de balançar os cabelos fio por fio, como a vida faz com o passado da gente. Soprando mágoas, há de vir o presente. E eu até peço de olhos fechados - pra não ver orgulho ir embora -, deixe ela um pouco só, menos provável e mais impossível. Faça-a bonita demais pros meus trapos e me acompanhe nessa solidão incurável que sustento. Que seja melhor do que esse pouco que pareço, mas nem tão melhor quanto o muito que sinto. Eu só preciso dela e ela há de se perder e me encontrar de novo Deus, no tempo. Nesse viver dormindo que a gente só entende depois que sonha tudo pelo avesso e acorda morrendo. E acorda Menina por que “há de ser bonito, há de ser”.
.
.
.
(Priscila Rôde)

Nenhum comentário: