segunda-feira, 26 de julho de 2010

Aroma...


"Sublimemos, amor. Assim as flores
No jardim não morrerão se o perfume
No cristal da essência se defende.

Passemos nós as provas, os ardores:
Não caldeiam instintos sem o lume
Nem o secreto aroma que rescende."
.
.
.
(Saramago)

Nenhum comentário: