quarta-feira, 10 de junho de 2009

Teu nome...

"Esquisito que teu nome sempre me soe uma prece,
uma invocação sagrada e solene,

que contém em si um segredo místico viajando pelo tempo,
como se trouxesse consigo o desejo implícito
dessa maneira única com que moves as mãos,
com que abres a boca, com que recostas teu corpo,

com que deixas o riso fugir pelos olhos.
É estranho que teu nome sempre me soe uma promessa e um dom,
como se bastasse pronunciá-lo para que a vida abra uma porta secreta,

para que se insinue um milagre prestes a ser,
eu assim em ti, simplesmente em teu nome."

.
.
.

Nenhum comentário: