quarta-feira, 30 de julho de 2008

Sempre igual...

E todo dia ela aparece sem avisar
Me agarra diz que nunca vai largar

Tudo é sempre igual
Tudo é sempre igual

E todo dia eu ensaio uma conclusão
Ela vem e me entope de paixão

Mas é tudo igual
Tudo é sempre igual

Não posso mais não dá mais pra levar
Eu saio por ai pensando em não voltar
Mas volto atrás com medo de recomeçar

Mas é tudo igual
Tudo é tão igual
Ela é sempre igual

E todo dia ela me pede pra escolher
Entre ela e o jogo na tv
Tudo é sempre igual
Tudo é sempre igual

E quando finalmente enxerga minha apreensão
Me beija com urgência e aflição

Mas é tudo igual
Tudo é sempre igual
Ela é sempre igual

Não posso mais não dá mais pra levar
Eu saio por ai pensando em não voltar
Mas volto atrás com medo de recomeçar

Mas é tudo igual
Tudo é tão igual
Vai ser sempre igual

.
.
.
(Moptop) http://www.youtube.com/watch?v=36-ZPp1BaZw

Nenhum comentário: