terça-feira, 17 de junho de 2008

Nada falta...

Nada está faltando, tudo é como deveria ser. Cada um já é perfeito. A perfeição não é para ser alcançada, ela já está presente. No momento em que você aceita a si mesmo, ela é revelada.
.
Se você não aceita a si mesmo, ficará perseguindo sombras, miragens, distantes miragens. E elas somente parecem belas quando você está muito distante delas. Quanto mais próximo você chegar, mais descobrirá que nada existe, somente areia; era uma miragem. Então você cria uma outra miragem, e é assim que as pessoas desperdiçam sua vida inteira.
.
Simplesmente aceite a si mesmo como você é, nada deve ser condenado, nada deve ser julgado. Não há como julgar, como comparar, porque cada pessoa é única. Nunca existiu uma pessoa como você e nunca existirá novamente; assim, você está sozinho e a comparação não é possível. E essa é a maneira que a existência deseja que você seja, e esse é o motivo de você ser dessa maneira. Não brigue com a existência e não tente se aperfeiçoar, ou criará uma confusão. É assim que as pessoas criaram uma confusão a partir de suas vidas.
.
Portanto, esta é minha mensagem a você: aceite a si mesmo. Será difícil, muito difícil, porque a mente idealista está sempre observando e dizendo: "O que você está fazendo? Isso não é o correto a ser feito! Você precisa se tornar notável, precisa se tornar um Buda ou um Cristo ou seja lá quem for - o que você está fazendo? Isso não se parece com um Buda, você está se comportando como um tolo. Você ficou maluco?"
.
Aceite a si mesmo. Nessa aceitação está o estado búdico.

.
.
.
(Osho)

Um comentário:

Menina_Mulher disse...

Aceitação pessoal é a chave do segredo!

Difícil é conquistá-la, mas não impossível!

Beijão!