sábado, 31 de maio de 2008

O valor de um desejo...

Nasrudin tinha um búfalo, cujos chifres eram bem afastados um do outro. Sempre imaginava que, caso conseguisse instalar-se entre eles, seria exatamente como estar sentado num trono.

Um dia, o animal sentou-se bem próximo, e a coisa mais simples do mundo seria acomodar-se entre os chifres. Nasrudin não pôde resistir à tentação. O búfalo, quase de imediato, levantou-se e jogou-o longe.

Sua mulher, ao encontrá-lo desmaiado no chão, começou a chorar.

"Não chore", disse Nasrudin assim que voltou a si.

"Tive meu sofrimento, mas ao menos realizei também o meu desejo."

Nenhum comentário: