quinta-feira, 6 de março de 2008

25 coisas que você pode fazer num pronto-socorro público...

1. Comentar na sala de espera: "nossa, vem vindo uma maca ali que é tripa pra todo lado".

2. Distribuir volantes com preços e condições de planos de saúde da rede particular.

3. Deitar no chão, similar uma convulsão e, quando for atendido, dizer que é um "laboratório" para o grupo de teatro do qual você faz parte.

4. Ir até o guichê de atendimento do PS e perguntar se o Serviço de Amputações precisa de um açougueiro com experiência.

5. Gritar do nada: cara, uma barata, pode uma coisa dessas?!!!!!!

6. Gritar do nada: achei um rim, é de alguém?

7. Passar uma rasteira num Doutor da Alegria.

8. Dizer a uma enfermeira que transar com "profissionais de branco" é o seu sonho sexual mais recorrente.

9. Pedir para gelar uma latinha de cerveja no refrigerador de vacinas.

10. Confiscar uma cadeira de rodas e dar um cavalo de pau no meio da sala de espera do Pronto Socorro.

11. Pegar uma bolsa de sangue da Hematologia e fazer uma imitação de Bela Lugosi para os colegas de fila.

12. Sentar numa cadeira da sala de espera e fingir-se de morto.

13. Fazer "uóóóómmmmmmmmm" bem alto com a boca cada vez que uma ambulância estacionar no pátio.

14. Pedir emprestado uma muleta, subir no balcão e imitar o Jimi Hendrix.

15. De cinco em cinco minutos, levantar-se e fingir que vai vomitar sobre as pessoas.

16. Levar seu cachorro e indagar se há atendimento veterinário naquele posto.

17. Colocar uma camisa-de-força e sair andando naturalmente pelas dependências do PS.

18. Levar uma marmita e pedir para esquentá-la na estufa do hospital.

19. Num momento mais silencioso do atendimento aproximar-se de uma enfermeira e dizer em alto e bom som: "COMO ASSIM, MORREU?"

20. Levar um rádio portátil e ficar ouvindo um programa de música sertaneja em volume alto.


21. Promover uma enquete com alguns funcionários do PS: "quem é concursado aqui e quem arrumou emprego com um deputado amigo?"

22. Oferecer-se para fazer um cafuné na emburrada funcionária que distribui as senhas de atendimento.

23. Promover uma pelada "Enfermeiros X Médicos" enquanto os doentes não são atendidos.

24. Perguntar ao médico-responsável porque o nome daquele órgão é "Pronto-Atendimento" se ninguém é prontamente atendido há mais de dezesseis horas.

25. Pintar pontinhos vermelhos no rosto, pescoço e braços e sair cumprimentando todo mundo dizendo: "prazer, varíola".

(Carlos Castelo)

Um comentário:

helen disse...

3. Deitar no chão, similar uma convulsão e, quando for atendido, dizer que é um "laboratório" para o grupo de teatro do qual você faz parte.



Se eu fosse a enfermeira ou quer que seja que atendesse um doente da cabeça desses eu matava de verdade. rs
mas me deu vontade de fazer isso!
Bjss amigo