sábado, 5 de janeiro de 2008

Conhecimento e Silêncio.. Oração...

"Oprimido por palavras, pela falsidade e desnecessidade da maioria das coisas que digo aos outros. O que espero encontrar nas palavras que lhes dirijo?
O que, não encontrando, ressinto?
Não tenho nada a dizer!
Como eu seria feliz se admitisse isso na prática! Mas creio que todos os homens, em todas as épocas, esperam que se diga alguma coisa.
Que tolo fiz de mim mesmo ao me tomar por sábio.
E agora não ouso ficar quieto, embora não tenha nada a dizer"



"O Buda perguntou a Sariputra: 'Acreditas em mim?' Sariputra respondeu: 'Não'.
Mas o Buda o elogiou por isso. Foi o discípulo favorito porque não acreditava em Buda, apenas o respeitava como a outro homem qualquer, mas que tinha sido iluminado.
Que é o 'conhecimento da libertação?' - eu perguntei. - 'Quando você está em Bancoc, você sabe que está ali. Antes disso você só sabia a respeito de Bancoc.
A pessoa tem que subir todos os degraus e, depois, quando não há mais degraus, terá que dar um salto. O conhecimento da libertação é o conhecimento, a experiência desse salto'."
(Thomas Merton, Diário da Ásia, p. 10)



Oração
Senhor meu Deus, não sei para onde vou.
Não vejo o caminho em frente, nem sei ao certo onde ele findará.
Na verdade nem me conheço e o fato de pensar que estou a seguir a Tua vontade não quer dizer que eu esteja a ser-lhe fiel.
Mas creio que o desejo de Te agradar Te agrada realmente.
E espero manter este desejo em tudo quanto fizer.
Espero jamais fazer qualquer coisa alheia a esse desejo.
Sei que, se agir assim, Tu me conduzirás pelo caminho certo, embora eu nada possa saber sobre ele.
Por isso, sempre confiarei em Ti, mesmo que me sinta perdido ou às portas da morte, nada recearei, pois Tu estás sempre comigo e nunca me deixarás sozinho. (Thomas Merton)
.
.
.
"É muito estranho que as pessoas que não sabem quem elas são, estão tentando se tornar alguém."

3 comentários:

Sayô disse...

Nós somos
aquilo que acreditamos ser.
Se vc diz ser e acredita ser uma
alma pequenina, vc assim será.
Aos teus olhos.
Aprendi que,antes de amar
alguém, temos que nos amar,
valorizar e acreditar em nós mesmos.
Desculpas se as palavras
parecem duras. Talvez até não.
Mas é pq não quero parecer
a dona da verdade, pois não sou, rs.
É pq um dia, há um tempo
atras, eu tb me via
como uma alma pequenina.
E teve um outro dia, depois de
muitos acontecimentos, resolvi
me olhar de outro ângulo.
Saí de mim por um instante
e me olhei de fora.
E vi o quão valiosa eu sou.
Gde beijo

Sayô disse...

Isso mesmo Guilherme...falei
em relação ao
'tantinho da minha alma'...
interpretei errado.
Coisas de não se conversar
olhando no olho, e sim de olho na tela...rs

mas mesmo assim ta sendo otimo
esse dialogo
beijaum

Ana Jácomo disse...

Obrigada pelas palavras que deixou lá no blog. Se, de alguma maneira, os textos que escrevo o inspiraram a voltar a traduzir o que apenas o coração pode ler, que bom! Você não imagina o contentamento que isso me dá.
Um beijo,
Ana