segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Coisas que ainda farão por você...

Muitos de nós vivemos nossas vidas como se o propósito secreto delas fosse, de alguma maneira, cumprir com todas as tarefas. Ficamos acordados até tarde, acordamos cedo, corremos de um lado ao outro se preocupando demais com o relógio, convencendo-se de que nossa obsessão com aquilo que "temos que fazer" é temporária, uma vez que tenhamos chegado ao fim de tudo, ficaremos calmos, tranquilos e felizes.
Mas isso raramente ocorre..
Você nunca terá a sensação de bem-estar se for obcecado por todas as coisas a serem feitas, pois outras irão substituir aquelas que você já as fez. Sempre haverá telefonemas a serem dados e trabalho a ser feito. Poucas coisas em nossa vida se encaixam na categoria de "emergência".
Levamos nossos objetivos tão a sério que esquecemos de aproveitar e se poupar de aborrecimentos, transformando pequenas coisas em complicações.
Pegamos meras preferências e as transformamos em condições para nossa felicidade ou, nos punimos se não conseguimos cumprir o que nos impusemos, porque a única pressão que recebemos é a nossa mesma.
O propósito do dia-a-dia não é fazer tudo, mas aproveitar cada passo que se dá. Afinal, quando você morrer, haverá coisas por completar e... alguém as fará por você.
Não desperdice os momentos da vida lamentando o inevitável; ela continuará se as coisas não saírem conforme o planejado...
.
.
.
"Pai, perdoa-me porque, o que é certo eu nunca faço. E o que é errado, eu sempre faço." (São Paulo)

Um comentário:

Poupée Amélie™ disse...

Guilherme, essa citação que postou como sendo de Santo Agostinho, na verdade é do apóstolo Paulo e está na Bíblia, em Romanos 7:19.
BeijO*